Image Map

Dicas: Narrando em terceira pessoa

em 25/01/2018 |






Hello, hello babys. Tudo bem com vocês? No post de hoje eu vim atender uma sugestão que uma de nossas leitoras deu na  parte um das fanfics criminais. Bom, o tema de hoje será, narração em terceira pessoa. Então, vamos que vamos.

 Eu, particularmente acho que não tem muito o que falar sobre esse assunto, ou pelo menos não que venha na minha cabeça, mas eu vou deixar fluir kkk espero que não tenha  outro post gigante. Vamos que vamos. 

Resultado de imagem para DIVISORIAS PNG

        Narrando em terceira pessoa


Certo dia você está andando pelos vales da imaginação quando de repente resolve entrar numa porta diferente, a posta da terceira pessoa kkkk isso é bem loco, mas ok. Pois vamos que vamos, pois teremos uma grande aventura pela frente. Vou dar algumas dicas a vocês

Resultado de imagem para alice no pais das maravilhas gif


1º dica: Para quem está acostumado com POVs, narrar em terceira pessoa pode ser complicado.


  Vou falar da minha própria experiência com fanfics nesse post, mas lembre-se que isso muda de pessoas para pessoa.  Bom, quando eu escrevi minha  primeira fanfic ( que foi no Nyah) sem perceber eu a narrava em terceira pessoa, porque é o que estamos acostumados a fazer na escola, nas aulas de produção textual/ redação, a maioria dos contos de fadas, tudo em terceira pessoa, então, se você está habituado a ler livros em terceira pessoa e for partir para uma fanfic, vai ser muito fácil você escrever, mas se você foi fisgada pela litura através de fanfics, isso será um pouco mais complicado.
Voltando a minha história, a minha primeira fic era em terceira pesosa, eu escrevia sem perceber que era assim, era espontâneo, eu só sabia narrar assim. Mas um belo dia eu resolvi me aventurar nos POVs, eu achei super estranho no começo, mas minha narração se acostumou a narrar assim, tanto que eu acho mais fácil.

  MAS, UM CERTO DIA... eu estava lendo uma fanfic, que diga-se de passagem era arrebatadora, e ela era narrada em terceira pessoa, manos, aquilo me inspirou tanto que eu tinha que narrar da mesma forma, e foi assim que eu comecei meu primeiro bebê, VEELA, que eu sinceramente não pensei que teria tantos leitores quanto tem. Mas não vou negar a vocês, não foi nada fácil, me readaptar e ao mesmo tempo escrever outra fic em POVs, foi muito difícil, mas não foi impossível. É TUDO QUESTÃO DE SE ACOSTUMAR. 

Resultado de imagem para DIVISORIAS PNG

2º dica: Quando devo narrar em terceira pessoa?

  Na realidade quem decide isso é você, se você está acostumado ótimo, se você tá com vontade, ótimo, mas para o enredo não ficar muito pesado você tem que se perguntar “ É NECESSÁRIO NARRAR EM TERCEIRA PESSOA?”

  Bom, eu vou seguir o mesmo esquema que eu fiz em prologo, se pergunte a seguinte coisa. No seu enredo há muitas coisas externas aos personagens? Seu enredo necessita de uma visão mais panorâmica das coisas?

  Vou compartilhar minha experiência com vocês. Como eu disse eu senti vontade de escrever em terceira pessoa, mas eu tremi na base, porque é cansativo e pode correr o risco de perder leitores. Aí eu olhei para meu enredo, e pensei, se eu narrar em POV tudo vai ficar mais difícil, então eu tenho que narrar dessa forma. E pá, aconteceu.

  Para quem não sabe, o meu enredo era sobre um romance jovem, temática colegial e mitológica. O meu maior impasse era que o garoto não sabia que era um ser mágico, e muitas coisas aconteceriam com ele, e ele não saberia explicar o que era, então, quem deveria narrar seria uma pessoa que soubesse de tudo, ou seja, um narrador onisciente.
É isso que vocês tem que ver, seu enredo necessita de uma visão panorâmica, aquela que não se resume no que aquele personagem ta pensando? Se a resposta for sim, vamos partir para essa aventura.  

Resultado de imagem para DIVISORIAS PNG

3º dica: falando um pouco sobre narração em terceira pessoa

  Agora vamos falar um pouco da narração em terceira pessoa. Bom, a principal característica desse tipo de narração é que a mesma não se prende a opinião de um só personagem, ela  da uma ideia geral. Como assim? Imagine que você está vendo um casal discutindo e depois você vai e conta para alguém, o que você vai ta contando é o seu ponto de vista. Agora, indo para a fanfic, você é o criador desse casal, você idealizou os dois, formou uma personalidade, o espaço e o motivo pelo qual eles estão brigando, então você sabe de tudo, então na hora de narrar será o mesmo. Ficou claro? É como você estivesse sentada (o) assistindo tudo de cima, vise tudo o que acontece, independente se o personagem sabe ou não.

  Esse tipo de narração é bom para você ter a opinão dos leitores em suas mãos. Como assim? Se você sabe de tudo na história e narra o que você quiser, é mais fácil de você manipular a opinião dos seus leitores, pois eles vão formar uma opinião a partir do que você narrar. OU SEJA, se você joga um personagem de bom para vilão, não fica tão sem noção como se estivesse sendo narrado em POV. Entenderam?

  Sobre a opinião vocês já entenderam e creio que já entenderam o que eu disse sobre a visão panorâmica, mas vamos falar mais um pouco sobre esse ultimo. Numa narração assim você tem que ter noção que tem que  descrever lugar, ato, o personagem e sentimento e ou pensamento dos mesmos. Vamos falar sobre esses itens.

  Lugar: Narrar aonde está acontecendo a cena é indispensável em todo tipo de narração, quando se diz respeito a fanfic, seja estilo POV, roteiro, imagine, terceira pessoa, emfim, tudo tem que narrar o local. Mas, geralmente, em terceira pessoa o autor descreve mais o local, para que assim o leitor possa ter uma realidade melhor ao ler. Eu não tiro a razão de alguns autores, dependendo do enredo é mega necessário, mas se você exagerar em enchendo de detalhes tudo vai ficar cansativo, e você tá arriscado a perder leitores. Tente fazer uma coisa mais dinâmica, fanfic é uma coisa dinâmica, não é para ser denso como um livro, então narre só o necessário.

  Ato: Narrar o que os personagens está fazendo. Tome cuidado com essa parte. Por que? Porque é na hora de narrar o ato que inserimos algumas marcas nos personagens, algo que identifique ele com a maior facilidade. Não sei se todos leram a parte dois da temática criminal, se não leram recomendo que leiam, lá eu dei dicas de como construir um personagem, por mais que eu tenha voltado mais para temática criminal, deu para capitar bastante coisas. Crie um personagem completo, bem estruturado, para na hora de narrar os fatos ou atos, tanto faz, o leitor reconheça, sem você precisar de mencionar o nome dele, só as características vão apresenta-lo.

  Personagem: Como eu disse no item acima, não deixem de estruturar o seu personagem, e mais uma vez vou ressaltar a importância do seu personagem ter uma marca registrada, isso, além de ficar ótimo e da realidade, faz com que o seus leitores reconheçam o seu personagem de longe. Na hora de apresenta-lo na cena você não precisa ficar descrevendo as características físicas dele o tempo todo, se você fizer isso não começo da sua história já é o suficiente. O apresente na cena dizendo como ele está (triste, alegre...) , como ele está se vestindo, essas coisas. O básico.

  Sentimento e/ou pensamentos: Isso é muito importante para esse tipo de narração. No POV o leitor sabe o que o personagem está pensando, afinal, é ele que está narrando, mas já em terceira pessoa os leitores não saberão, porque é como se você estivesse narrando, entende? Então, pelo menos, diga coisas breves, se esta inseguro, apaixonado.. essas coisas. 

Resultado de imagem para DIVISORIAS PNG

4º dica: maneiras de fugir da repetição e da fadiga. 


  O que não podemos negar é que narração em terceira pessoa é uma coisa fadigante, se a pessoa não conseguir administrar bem, certo? Então vamos fugir disso, ok?

  Vou da uma dica de quem escreve em terceira pessoa. Evite muito detalhamento, isso é chato  para quem ta lendo e para você, principalmente. Isso vai te cansar tanto, que você vai querer desisti da história por causa do trabalho que ela dá. Então, narre só o necessário. Eu apresento o local em poucas palavras, falo um pouco sobre o que aconteceu com os personagens no espaço de tempo que passou e parto para o fato em si. Tem que ser assim, se não cansa.

  Outra coisa, mencionar os personagem nas cenas. PELO AMOR DE DEUS, POR FAVOR, NÃO MATEM A TITIA FAZENDO AS SEGUINTES COISAS. Apresentar o personagem como: loiro, moreno, castanha e assim por diante. Cara, isso não é nada legal ( eu vejo isso muito em fanfic de HP) pelo amor de Deus, abomine isso, sério. É muito chato, sério. Imagina se tem varias pessoas com a mesma cor de cabelo na cena? Da uma confusão na hora de escrever e para quem vai ler, então, vamos parar.

  Vou da uma dica: se tiver duas pessoas na cena você se refere por: garoto ou garota; pelo nome; apelido; ele ou ela. Vai intercalando, para não ficar chato e nem repetitivo. Agora, se tiver mais que duas, recomendo que fale o nome dos personagens ou apelido. Vai ser melhor. 


Resultado de imagem para DIVISORIAS PNG

5º dica: Fuja da tentação do POV


   Gente, vou falar uma coisa que eu já passei e ainda passo, porque meu bebe ainda não terminou, a tentação de meter um POV no meio do enredo. SERIO! Vai chegar momento da narração que você vai da uma vontade de colocar um POV , porque você, simplesmente, não ta conseguindo escrever. Mas vou da uma dica, NÃO FAÇA ISSO! Se você escolheu narrar em terceira pessoa, siga isso até o fim, não mude.  FICA HORRIVEL! Digo uma coisa, isso quase sempre acontece quando tem que escrever cena HOT, sério, falo por experiência própria. Por isso eu recomendei na parte dois de fanfics criminais, para vocês colocarem musica, isso economiza bastante tempo de escrita. E outra coisa, cara, essa dificuldade é normal, encare-a como um desafio na sua vida de escritora, se você conseguir enxergar assim, tenho certeza que vocês sairão dessa muito bem. 

Resultado de imagem para DIVISORIAS PNG

Então foi isso, minha gente. Espero que tenha ajudado. Não se esqueça de deixar seu comentário e votar em BAILE DAS WINX, pois a colonia está acabando.
Se tudo der certo, o próximo post será indicação de dorama BL com dicas para fanfics J espero que gostem.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário